terça-feira, 15 de julho de 2014

EXCLUSIVO: O RANKING DO "QUEM É QUEM" EM LAVRAS, SEGUNDO O TSE.


Antes de tudo, peço escusas aos leitores pela falta de postagens.
No período de férias e Copa, a coisas tendem a ficar mornas. abcs.

QUEREM ME F...........?

A construção do túnel da zona norte está incomodando muita gente. Não. Não são moradores e nem motoristas. O incomodo causado teria afetado o Palácio da Caixa d’agua.   

Segundo uma fonte, incomodada com o andamento da coisa e com o governo do estado (PSDB) alimentando com recursos o andamento da obra, um pedido emanado da Caixa Dágua teria chegado ate o Palácio de lá. 

Em síntese, o teor sugeriria que a “torneira” fosse fechada, pois poderia favorecer a eleição do irmão do prefeito e ajudar no apelo popular em torno do atual prefeito caso a decisão do TSE seja favorável à pretensões de Silas em entrar pelo tapetão. 

A coisa teria sido ate engatilhada para fechar a dita torneira, mas eis que um deputado, com interesse na causa da obra, também do PSDB, interveio e fez com que a coisa continuasse a “fluir” para mover a dita obra. 

Digamos que seja a colocação da teoria do caos: quanto pior, melhor. 


PRESSA

O candidatos que disputarão as eleições em outubro rumo ao legislativo estadual e federal, por Lavras, ainda aguardam a aprovação de seus pedidos de candidatura pelo TSE. 

Em Lavras, 4 candidatos disputarão as eleições: Carlos Alberto Pereira disputará uma cadeira no congresso. Dehon Júnio de Moraes, Fábio Cherem (reeleição) e Julio de Melo, um assento na Assembleia. 

O TSE tem até o dia de hoje, 15 de julho,  para impugnar candidaturas quem desconformidade com a lei eleitoral ou que violem a lei da Ficha Limpa. O Ministério Público Eleitoral poderá pedir a impugnação. Partidos e eleitores também podem solicitar a impugnação junto ao TSE. 

Mesmo sem uma posição final do Tribunal, o empresário Midas, CAP, já aparece nas redes sociais ao lado de Dehon como candidatos do PMN.


QUEM É QUEM EM LAVRAS

Por falar em candidatos, os dados disponibilizados pelo TSE, oficialmente, faz um ranking do poderio político e financeiro dos candidatos de Lavras. 

CAP declarou (oficialmente) que seus bens alcançam a soma de R$ 3.644.982,63 de faz-me-rir.  Em relação a sua campanha, previu um gasto de R$ 5 milhões. 

Em tese, caso gaste este dinheiro na campanha, o empresário Midas teria que dispor de todo o seu patrimônio e pedir algum emprestado (???) para cobrir os gastos. #SQN

Dehon declarou que tem R$ 1.557.880,97 em dinheiro e patrimônio. Para sua eleição, previu um gasto de R$ 5 milhões. Ou seja, se gastar algo em torno disso, teria um prejuízo de mais de R$ 3 milhões. 

Fábio Cherem declarou que poderá gastar R$ 4 milhoes. Entre os três, é a previsão com menor gasto de campanha. Para justificar sua candidatura, declarou que tem em patrimônio R$ 7.694.237,39. Ou seja: se gastar toda a sua previsão, ainda sairá com aproximadamente R$ 3 milhões e meio de faz-me rir intactos. 

Júlio de Melo daclarou que pretende gastar R$ 2 milhões em sua campanha. Como bens, declarou uma casa no valor de R$ 60 mil reias. Ou seja: se gastar a metade do que pensa em gastar, vai pro prego. 

Se analisarmos as declarações oficias, em termos de faz-me-rir no bolso, a coisa ficaria assim: 

Fabio Cherem seria o mais bem colocado no ranking dos endinheirados. CAP viria em segundo e Dehon em terceiro lugar.

Há quem diga que os números (oficiais, diga-se de passagem) não fazem jus à realidade dos que se colocam na ponta deste meu ranking baseado nos números fornecidos pelo TSE. 

Há quem diga que um deles já conhece de perto os zeros do bilhão em conta. Outros batem o pé que não.  

7 comentários:

Anônimo disse...

Tem gente aí que deveria ter vergonha de se candidatar. Apenas.

Anônimo disse...

TE certas pessoas que estão descendo a ripa nas obras do túnel da zona norte, mas esquecem que as coisas tem que ser bem feitas para que não de problemas no futuro, como oque aconteceu em Belo Horizonte, se acaso isso vier a acontecer, como o prefeito é culpado de tudo não tenho dúvidas que cairia sobre a cabeça do mesmo, como gostaria a oposição.

Plínio Fassio disse...

Como pode querer atrasar uma obra, que favorecerá a população, em prol de um projeto político e de poder?
Sai pra lá...

Anônimo disse...

Silva Junior, me desculpa, mas você foi bem ignorante nesta postagem. Vamos lá, você relacionou o SEU ranking com o poderio político dos candidatos. No entanto a única variável apresentada é declaração de bens, ou seja, quanto de "faz-me-rir"( como você costuma falar), cada um dispõe. Será que você não está confundindo o poderio político com abuso de poder econômico?. Que por sinal, é a acusação que irá levar a cassação do seu chefe? Talvez a sua convivência com esse grupo lhe faz achar normal a seguinte sentença: Quem tem mais dinheiro terá sempre mais poder. Pois o que estamos vendo é um grupo que se encontra no poder às custas da compra de voto, do pagamento de multas por desrespeito às leis, da compra da imprensa lavrense, da troca de favores por cargos remunerados na prefeitura, do ato de dar "presentes" a quem possa interessar o seu projeto de poder e por ai vai...

Anônimo disse...

Segundo me disseram por aí,Um desses poderia estar totalmente quebrado e já está em sua quarta ou quinta Empresa.Como assim: Uma quebra vai abrindo outra em nome de terceiros.Será?????

Anônimo disse...


O Carlos Alberto deve ter se enganado. Quando foi declarar, deve ter entendido que a pergunta era "quanto dinheiro você tem no bolso?".

SILVA JUNIOR disse...

Caro anonimo

Primeiro: Deus nao consta da lista.
Segundo: Caso tenha o mínimo de discernimento,minha colocação foi, como afirmei em meu texto, em relação ao que fora declarado ao TSE.

abcs...